O Flamengo repudiou, por meio de suas redes sociais, as ofensas sofridas por Vinícius Júnior, no clássico do último sábado (03/03), no estádio Nilton Santos (Engenhão).

A torcida alvinegra foi flagrada hostilizando o jogador, inclusive com injúrias racistas, durante sua saída de campo, após ser expulso aos 39 minutos do segundo tempo.

As imagens serão analisadas pelo Tribunal de Justiça Desportiva e poderão ocasionar punições ao Botafogo. A identificação dos torcedores também poderá ocasionar ações penais aos ofensores envolvidos.

A comemoração “chororô” após o terceiro gol contra o Botafogo, pela semifinal da Taça Guanabara é apontada por muitos como o motivo fundamental da ira alvinegra. Mas na verdade, já em agosto de 2017, a família do atacante teria sofrido ofensas de cunho racista pela torcida botafoguense no Engenhão, durante partida pela Copa do Brasil.

A origem pode não ser exatamente conhecida, mas é fato que esta conduta, ainda que tomada por apenas uma pequena parte da torcida do Botafogo, precisa ser exemplarmente punida, para que não se repita.

Foto: www.flamengo.com.br

Deixe uma resposta