De acordo com o diretor Rodrigo Caetano, o atacante Paolo Guerrero voltará a treinar com a equipe amanhã, terça-feira. O atleta fora afastado no inicio do ano, com base na lei Pelé, e não recebe salário desde então (porém não joga pelo clube desde outubro do ano passado).

A suspensão prevista é até início de maio. Porém, é esperada uma nova audiência nos próximos dias, e há uma expectativa de que a punição seja revista.

Um dos motivos para a volta seria para facilitar a negociação de uma extensão contratual, que atualmente estará em vigor até 10 de agosto.

Guerrero voltaria para disputar vaga com Henrique Dourado, que possui boa média de gols nesse início de contrato com o Mengão, mas mesmo assim ainda desperta desconfiança de parte da torcida.

 

Deixe uma resposta