O Flamengo se prepara para encarar o Fluminense na noite desta quinta-feira (22/03, 20 horas) pela semifinal da Taça Rio, no segundo Fla-Flu de 2018. No primeiro encontro, em Cuiabá, vitória do Flu com uma sonora goleada por 4 a 0.

Tudo bem que o Mengão jogou com um time de reservas, reforçado apenas por alguns titulares. Mas aquele time vestiu o Manto Sagrado e isso basta para encarar a partida como uma oportunidade de revanche, agora com o time titular.

Os jogadores desconversam sobre o assunto. Rodinei, por exemplo, insiste que este espírito e vingança não está no grupo: “eles têm a vantagem do empate. Nós não levamos pelo lado da revanche, pois cada jogo tem uma história. Sabemos que a vantagem é deles, mas vamos para cima da vitória. É um adversário perigoso. Perdemos a outra, mérito deles. Não vamos entrar em campo falando de revanche“, afirmou o lateral.

Além da possibilidade de devolver a derrota humilhante, uma vitória manterá as chances de título da Taça Rio (contra Vasco ou Botafogo), o que permitirá duas semanas de preparação para a Libertadores. Isso porque o regulamento do Carioca 2018 prevê que o time que vencer os dois turnos (Taça Guanabara e a Taça Rio) garante vaga na final em jogo único, no dia 08 de abril, e com a vantagem do empate.

Além disso, o retorno de Guerrero agitou o ambiente no Ninho do Urubu e o técnico Carpegiani pode muito bem aproveitar o clima favorável para embalar o time em busca de apresentações mais convincentes. E assim, como todos sabem, a Nação vai junto.

O problema é que o Flu tem a vantagem do empate, já que tem melhor campanha na Taça Rio. Por outro lado, o Mais Querido tem tudo o que precisa para arrancar a vitória: mais motivação e muito mais time.

Foto: www.flamengo.com.br

Deixe uma resposta