Nos últimos dias, circulam rumores de que o Flamengo e o goleiro Julio Cesar tem considerado estender o contrato inicialmente previsto para três meses, por igual período.

A ideia sempre foi de permitir que o ídolo jogasse apenas o Campeonato Carioca e, assim, pudesse se despedir do Mais Querido de maneira honrosa, à altura de sua história e de sua paixão pelo clube que o revelou.

Julio Cesar Soares Espínola, 38 anos, estreiou no Flamengo aos 17 anos, em 1997, tendo permanecido até 2005, quando se transferiu para a Internazionale de Milão (ITA). Foram vários os títulos no Mengão: uma Copa dos Campeões Mundiais (1997), quatro títulos cariocas (1999, 2000, 2001 e  2004), uma Copa Mercosul (1999) e uma Copa dos Campeões (2001).

Um dos motivos para a prorrogação do contrato seria a falta de oportunidades para uma despedida de maior impacto, já que o planejamento do time para a disputa paralela da Taça Libertadores acabou exigindo maior participação de Diego Alves no gol. Assim, Julio Cesar só pôde jogar uma única partida, na vitória de 3 a 0 sobre o Boavista, quando foi capitão da equipe e emocionou a todos em discurso no vestiário, antes do jogo.

Além da importância histórica do craque, a comissão técnica considera que o jogador tem muito a acrescentar aos jovens goleiros do clube, principalmente Thiago e Gabriel Batista.

Resta saber se as questões familiares permitirão que Julio fique mesmo mais tempo no Brasil…

Foto: www.flamengo.com.br

Deixe uma resposta