FERJ afasta árbitro de Fla x Bota

Em virtude de erros ocorridos na partida entre Flamengo e Botafogo (vitória do Fla por 1 a 0), Sérgio Santos, coordenador da Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), afastou o árbitro João Batista de Arruda e o auxiliar Luiz Muniz de Oliveira, por tempo indeterminado.

Segundo Santos, o afastamento foi baseado em dois erros graves: o gol do Flamengo, feito em suposta posição de impedimento pelo zagueiro Rhodolfo e a não expulsão do jogador botafoguense Leandro Carvalho, que agrediu com tapas  Vinícius Júnior.

O coordenador só não mencionou o pênalti flagrante e não marcado sobre Lucas Paquetá e nem as ofensas raciais da torcida alvinegra contra Vinícius Júnior, que não foram registradas na súmula do jogo pelo árbitro.

Resta saber se a FERJ vai também afastar para treinamento os profissionais que operavam o sistema de arbitragem por vídeo, que foi testada durante a partida.

Foto: www.flamengo.com.br

Deixe uma resposta