O técnico Paulo César Carpegiani já havia ressaltado anteriormente sua intenção em modificar o mínimo possível a equipe principal do Mengão ao longo dos jogos, para que ela pudesse assimilar mais rapidamente o esquema adotado e aprimorar o entrosamento. “Esta equipe precisa jogar, jogar e jogar”, ele afirmou em uma entrevista coletiva, após a estreia na Libertadores, no empate contra o River Plate (ARG).

No entanto, para a próxima partida pelo Campeonato Carioca 2018, nesta quarta-feira (07/03), contra o time do Boavista, três modificações são previstas.

A primeira deve ser a volta de Gustavo Cuéllar ao meio-campo rubro-negro. Após cumprir suspensão pelo Carioca e ainda afastado por mais uma partida na Libertadores, o volante deverá substituir Jonas. O intuito de Carpegiani é garantir a retomada de ritmo de jogo para o jogador, considerado crucial para a campanha no torneio continental.

A outra modificação certa é a entrada de Juan na zaga, no lugar de Réver, lesionado na perna direita durante a partida contra o Botafogo, na vitória por 1 a zero, no último fim de semana. A outra opção para a vaga seria o jovem Léo Duarte, mas seu desempenho na goleada sofrida para o Fluminense não agradou e o veterano Juan deverá ser o escolhido.

Por fim, outra mudança esperada por todos é a estreia em tom de despedida de Júlio César, após 13 anos longe do Mais Querido. O jogador, que tem contrato com o Flamengo até o dia 28 de abril, foi inscrito somente no Campeonato Carioca e deverá entrar no gol nesta quarta.

Foto: www.flamengo.com.br

Deixe uma resposta