Embora ninguém consiga esconder a ansiedade pela estreia na Taça Libertadores, no dia 28/02, jogadores e comissão técnica tentam controlar a expectativa e manter o foco no Campeonato Carioca antes da partida contra o River Plate (ARG).

 

O Mengão começará sua participação na Taça Rio, segundo turno do Cariocão 2018, nesta quarta-feira, dia 21/02, contra o Madureira, no estádio Nilton Santos. A realização a partida no estádio do Botafogo só foi possível após uma nova rodada de negociações entre as duas diretorias, depois do episódio da “comemoração chororô” de Vinícius Júnior, na vitória de 3 a 1 contra o time alvinegro, pela Taça Guanabara.

 

As diversas modificações no regulamento do campeonato, todas aprovadas previamente pelos clubes, reduziram a importância da conquista dos turnos. Assim, a vitória na Taça Guanabara garantiu ao Mais Querido apenas um lugar no quadrangular final, ao invés de conceder vaga a uma final simples. Isto só acontecerá se o Mengão também faturar o título da Taça Rio, o que também é uma mudança que tem sido bastante questionada por torcedores e jornalistas. Classicamente, se um mesmo time vence os dois turnos, sagra-se campeão carioca.

 

De qualquer forma, é certo que a torcida espera ver mudanças na escalação do time nesta etapa do certame. Todos aguardam a entrada de Júlio César no gol, a titularidade de Vinícius Júnior (talvez no lugar de um dos dois Évertons) e o retorno de Trauco à lateral esquerda. Além disso, após o bom desempenho no jogo contra o Boavista, espera-se a entrada de Rodinei na lateral direita, substituindo Pará.

 

Mas talvez, a mudança mais aguardada pela Nação seja o retorno de Éderson, recentemente declarado livre de um câncer no testículo, que voltou a treinar em campo com o time. A expectativa é o jogador esteja apto para voltar aos gramados a partir de março.

 

Por fim, é possível que Carpegiani ainda use os jogos contra Madureira e Fluminense para definir o substituto de Cuéllar nos dois primeiros jogos da Libertadores. Jonas, Ronaldo e Rômulo são candidatos. No momento, parece haver certa preferência por Jonas, o que deixa parte da torcida preocupada com a saída de bola do time. Carpegiani, que já conhece como poucos a posição, certamente saberá escolher a melhor opção.

Deixe uma resposta